Mango Bay, Hin Wong Bay e Koh Nangyuan

Mango bay, hin wong bay e koh nanyuan

O Instagram me deu 3 amigos brasileiros que moram em Oman, a Lígia, seu marido Alexandre e um amigo do casal, o Arnaldo. Nos conhecemos pelo Instagram e eles passaram 3 dias aqui em Koh Tao.

Ligia e eu instamigas para sempre

Ligia e eu instamigas para sempre

Arnaldo, Robin e Alexandre

Arnaldo, Robin e Alexandre

Há alguns lugares que é melhor ir de barco e o táxi boat custa em média 2500 Bahts pelo dia, mais ou menos uns 200 reais.

Decidimos alugar o barco porque estávamos em 5 e porque queríamos conhecer Nangyuan de cima, pois só havíamos mergulhado lá.

Você pode escolher os destinos; nós escolhemos Mango Bay, Hin Wong Bay e Koh Nangyuan.

O barco

Alugamos um táxi boat em Sairee, perto do Big Blue Mergulho. Combinamos o valor e os destinos com o barqueiro e pedimos um cooler para colocarmos cervejas, água e frutas. Ele mesmo forneceu o gelo.

Taxi boat

Taxi boat

Mango Bay

Mango Bay

Mango Bay

O mar é deslumbrante, a cor é inacreditáveis. É um excelente local para fazer snorkel.

Vimos um cardume de milhares de peixes que ficou por perto o tempo todo que estávamos na água.

Mango Bay é um dos locais indicados para o mergulho de cilindro também, portanto vale super a pena conhecer.

Dá para chegar por terra, mas não de scooter, pois a estrada é muuuuuuito ruim!

Peixes em Mango Bay

Peixes em Mango Bay

Hin Wong Bay

O local é excelente para snorkel e há peixes de todos os tamanhos e cores que ficam rodeando o barco, pois eles esperam um pedacinho de pão ou de fruta. Joguei maçã e eles amaram. O pão é mole e se desfaz em poucos segundos. A maçã não engorda e demora mais para acabar!!!!

Ficamos menos tempo do que em Mango Bay, pois o mar estava cheio de orientais que não sabiam nadar e ficavam tumultuando as áreas de corais com suas bóias e coletes.

Nossa cerveja acabou e pedimos para o nosso barqueiro comprar mais, outros barcos às vezes vendem. Pagamos 50 Bahts a latinha de Chang.

Cardume em Hin Wong Bay

Cardume em Hin Wong Bay

Koh Nangyuan

Koh Nangyuan

Koh Nangyuan

Koh Nangyuan ou Nang Yuan é uma pequena ilha que fica bem perto de Koh Tao, uns 15 minutos de barco.

Ela é famosa por seus vários pontos de mergulho e há um jardim japonês com esculturas embaixo d’água. Os corais foram se desenvolvendo nas esculturas, que ficaram enfeitadas e coloridas por causa dos peixes e dos corais.

NÃO É PERMITIDO ENTRAR COM NADADEIRAS NA PRAIA.

Para entrar em Nangyuan deve-se pagar uma taxa de 100 Bahts por pessoa e nadadeiras não podem entrar na praia, portanto nem leve ou deixe-as no barco, caso contrário elas ficarão jogadas em uma salinha esperando por você, mas sem nenhum ticket ou comprovante de que algum dia passaram pela ilha!

Leve seu snorkel, pois a praia é repleta de peixes de todos os tamanhos e cores fazendo ninhos e passeando logo no raso.

Com uns 20 minutos de caminhada e subida íngreme você chega ao View Point. Eu me arrependi de não ter subido, mas estava com tanta fome que não queria vê-la revertida em mal humor! O Robin subiu e me matou de inveja com as fotos!

Como era de se esperar ,o restaurante da praia é caro e a comida não é das melhores. Fui de salada de atum e água mesmo, 230 Bahts. Em Koh Tao gastaria uns 150 Bahts.

Uma cerveja custa 100 Bahts e os meninos e a Lígia ficaram malucos, só queriam voltar para o barco para beber as que havíamos comprado.

NÃO É PERMITIDO ENTRAR COM COMIDA OU BEBIDA NA PRAIA.

O aluguel de duas cadeiras e um guarda-sol sai por 150 Bahts, se você tiver a sorte de pegar a praia vazia e algum disponível, portanto programe-se para SAIR CEDO e chegar na ilha por volta das 9 horas, HORÁRIO QUE A PRAIA ABRE PARA RECEBER OS TURISTAS.

Vá ao Jardim Japonês depois de aproveitar a praia e tome cuidado com tempestades e chuvas fortes ao final do dia, o mar fica extremamente agitado e é perigoso para você e para o barqueiro.

A Lígia viu um barco desses partir ao meio e pessoas quase morrerem afogadas, além de terem perdido tudo no mar.

MALANDRAGEM

Um grupo de 5 brasileiros faz barulho, todo mundo sabe. Imagina se eles pedem um cooler de gelo e não param de beber durante os dois primeiros destinos que o barqueiro os leva.

Quando chegamos em Nangyuan ainda tínhamos umas 10 latas de cerveja, uma garrafa de água e dois chás, além de um pacote de batatinha.

Acho que o barqueiro não percebeu que eu e o Arnaldo não estávamos bebendo e tentou ser malandro. Não sei se ele fez ou concordou que os amigos fizessem, mas eles devem ter vendido ou tomado ao menos 7 cervejas, o chá e a água, além de terem aberto e largado pela metade o saco de batatinha.

Ficamos chateados porque havíamos comprado as latinhas deles e estávamos oferecendo o que bebíamos enquanto estávamos no barco.

Acho até que o barqueiro estava comendo a nossa batatinha quando nos viu chegando e largou o saquinho no chão do jeito que deu.

No final pagamos 500 a menos do que o combinado, mas só porque tivemos compaixão. Saímos no prejuízo e o passeio só não foi perfeito por isso.

Mais uma vez ficamos decepcionados com a maldade das pessoas. Conversamos com ele e explicamos que se ele concorda que os amigos façam e não diz nada é como se ele estivesse roubando com suas próprias mãos e sendo tão sacana quanto.

Morremos de dó porque no fundo achamos que foram os amigos do barqueiro que venderam as cervejas para os gringos dos outros barcos, uma vez que eles estavam com latas de Chang ao irmos embora e na praia não havia essa marca para comprar…

Bem, tomara que ele tome uma posição da próxima vez ou perceba que isso não é certo e isso não aconteça com mais ninguém!

 

Trackbacks

Deixe um comentário