Unhas X Viagem

As "faquinhas" e o que chamam de alicate. Medo.

As “faquinhas” e o que chamam de alicate. Medo.

Gente, eu confesso que quase empacotei a minha manicure Cicinha e a trouxe comigo. Eu fazia as unhas uma vez por semana e entrei em desespero quando pensei que além de nāo tê-la por perto, ainda teria que viajar sem o alicate. Estamos viajando com uma mochila cada e a ideia é nunca ter que despachá-las.

Nos EUA ninguém tira as cutículas… Na Europa é um absurdo de caro… Entāo eu decidi colocar unhas de gel em Portugal. Foi a melhor coisa que eu fiz. O esmalte nāo descasca, a unha nāo quebra e a cutícula mal cresce. Estou há um mês e meio sem usar o alicate. O que é comum por aqui é usar uma “faquinha” para limpar a cutícula. Eu sempre me cortei com o alicate e estou amaaaando ser capaz de fazer isso sozinha e sem sangrar até a morte.

Mas eu também descobri que você pode viajar com o alicate na bagagem de māo. Ninguém reclamou do meu atė agora.
As unhas de gel que eu vi no Brasil ficam grossas, mas aqui não. Acabei de refazê-las na Sérvia. (Porque a sua unha vai crescendo e ela vai saindo!)

Ah, também estou tomando uma vitamina para os cabelos e unhas: Pryorin N, da Bayer. Estava tomando aquele Innéov, mas acabou e eu nāo encontrei mais para comprar. Uma pena, porque ele era bem melhor…

Deixe um comentário